7 - MARAVILHAS DIVINAS

Ao Deus de amor e de imensa bondade,
Com voz de júbilo vinde e aclamai;
Com coração transbordante de graças,
Seu grande amor, todos vinde e louvai.

[coro]
No céu na terra, que maravilhas,
Vai operando o poder do Senhor!
Mas seu amor aos homens perdidos,
Das maravilhas é sempre a maior.


Já nossos pais nos contaram a glória
De Deus, falando com muito prazer,
Que nas tristezas, nos grandes perigos,
Ele os salvou por seu grande poder.

Hoje também nós bem alto cantamos
Que as orações Ele nos atendeu;
Seu forte braço, que é tão compassivo,
Em nosso auxílio Ele sempre estendeu.

Como até hoje e daqui para sempre
Ele será nosso eterno poder,
Nosso castelo bem forte e seguro,
E nossa fonte de excelso prazer.


Salomão Luiz Ginsburg (1867/1927)
George Coles Stebbins (1846-1945)