417 - BRILHA NO MEIO DO TEU VIVER

Não somente prá fazer um feito singular,
É mister agir com muito ardor;
Mas as coisas mais humildes por executar,
Deves faze-las com fervor!

Brilha no meio do teu viver, Brilha no meio do teu viver!
Pois talvez algum aflito possa socorrer,
Brilha no meio do teu viver!

Ó talvez alguma vida possas alegrar,
Com palavras doces em amor;
Ou talvez algumas almas tristes alcançar,
Com a mensagem do Senhor!

Brilha no meio do teu viver, Brilha no meio do teu viver!
Pois talvez algum aflito possa socorrer,
Brilha no meio do teu viver!

Por maior que seja teu esforço a exercer,
Por mais firme a tua devoção;
Em redor oh quantas almas vivem sem prazer,
Jazem na negra escuridão!

Brilha no meio do teu viver, Brilha no meio do teu viver!
Pois talvez algum aflito possa socorrer,
Brilha no meio do teu viver!

Charles H.Gabriel (1856-1932)
Ina Duley Ogden