321 - ABRIGO SEGURO



Confio só em ti, Jesus, meu Salvador;
Em quem, senão em ti, descansarei, Senhor?
É só no teu excelso amor
Que tenho abrigo, ó meu Senhor!

Eu pobre escravo fui, mas tu, ó meu Jesus,
Do jugo que senti livraste-me na cruz;
E, preso pelo teu amor,
Agora sirvo a ti, Senhor!

O dia alegre vem, o Amado voltará,
E então a vida além minha alma gozará;
Eu com Jesus descansarei,
E seu louvor entoarei.