315 - MEU CLAMOR



Neste mundo, mar profundo,
Não me deixes perecer;
Sê comigo, bom Amigo,
Ó Jesus, eterno Ser!
Desta vida minha ida
Pouco tardará a chegar;
E, entretanto, Cristo santo,
Guarda-me pra não pecar.

Deus clemente, onipotente,
Livra-me da perdição,
E que goze eternamente
Da celeste habitação;
Que minha alma em doce calma,
Frua teu imenso amor;
E, exaltando-te, louvando,
Viva sempre, Redentor.

Meu Jesus, ó meu bom Mestre,
Sê meu Guia e Protetor;
Nesta vida, triste lida,
Dá amparo ao pecador!
Humilhado, consternado,
Te dirijo o meu clamor;
Em tormentos, meus lamentos
Oh, escuta bom Senhor!