312 - AMPARO

Nas agruras desta vida, no descanço e no labor!
Dá-me força na fadiga, e protege-me Senhor.

Ó Jesus, vem proteger-me, guarda-me por compaixão
Ó Jesus vem defender-me, se Tu minha proteção.

Os malvados me detestam, e me querem destruir,
Mas os anjos me ro deiam, não me deixam sucumbir.

Ó Jesus, vem proteger-me, guarda-me por compaixão
Ó Jesus vem defender-me, se Tu minha proteção.

Inda que satã me assalte, vacilar não poderei,
Inda que o poder me falte, por Jesus eu vencerei.

Ó Jesus, vem proteger-me, guarda-me por compaixão
Ó Jesus vem defender-me, se Tu minha proteção.

Quando o mal vier na vida, forte e rijo me assaltar,
Meu Jesus, na minha lida, certo me há de sustentar.

Ó Jesus, vem proteger-me, guarda-me por compaixão
Ó Jesus vem defender-me, se Tu minha proteção.


Philip Bliss (1838-1876)