298 - ESTOU PRONTO



Nem sempre será pra o lugar que eu quiser
Que o Mestre me tem de mandar;
É tão grande a seara já a embranquecer,
A qual eu terei de ceifar!
Se, pois, a caminho que nunca segui,
A voz a chamar-me eu ouvir,
Direi: 'Meu Senhor, dirigido por ti,
Irei tua ordem cumprir.'

Eu quero fazer o que queres, Senhor;
Serei sustentado por ti,
E quero dizer o que queres, Senhor,
Que o servo teu deva dizer.

Eu sei que há palavras de amor e perdão
Que aos outros eu posso levar,
Porque nas estrelas dos vícios estão
Perdidos que devo ir buscar.
Senhor, se com tua presença real
Tu fores pra fortalecer,
Darei a mensagem de servo leal,
Farei, meu Senhor, meu dever.

Eu quero encontrar um obscuro lugar
Na seara do meu bom Senhor;
Enquanto for vivo, sim, vou trabalhar
Em prova do meu grato amor.
De ti meu sustento só dependerá;
Tu, pois, hás de me proteger;
A tua vontade, sim, minha será;
E eu pronto o que queres a ser.