284 - COMPANHIA DIVINA



Ó meu querido Salvador,
Vem conceder-me teu favor;
Nuvem nenhuma terreal
Tire-me a luz celestial.

Quando eu no leito despertar
Tua presença quero achar;
Ao dar começo ao meu labor,
Sê tu meu Guia e Protetor.

Vem conceder-me teu poder;
Só poderei assim vencer
As seduções do tentador;
Fica comigo, Salvador.