274 - CÔRO SANTO

Oh que belos hinos cantam lá nos céus,
Pois do mundo o filho mau voltou.
Vede no caminho o bom Pai a abraçar, Este filho que Ele tanto amou!

[coro]
Glória, glória os anjos cantam lá, Glória, glória as harpas tocam já!
É o santo coro, dando glória a Deus
Por mais um remido entrar nos céus!

Oh que belos hinos cantam lá nos céus, É que já se reconciliou.
A alma revoltosa, que submissa a Deus,
Convertida o mundo abandonou.

Ó arrependidos, hoje festejai, Como os anjos fazem com fervor.
Ide pressurosos, vós e anunciai,
Que se resgatou um pecador!

George Frederick Root (1820-1895)
William Orcutt Cushing (1832-1902)