22 - SUBLIME AMOR

Qual ave que buscando os céus, O mundo deixa e seus troféus;
Minha alma vem a Ti Senhor, prá conhecer Teu terno amor.

[coro]
Divino amor, sublime amor, dos grandes temas o maior!
Minha alma quer fruir gozar, de Cristo o tão sublime amor.

Amor sublime, amor real, amor eterno sem igual;
Sobre uma cruz por mim morrer, e me salvar por Seu poder!

Teu nome ó Deus, publicarei, a Tua Graça a Tua lei;
O Teu poder, e o Teu amor, minha alma adora-Te Senhor.



Edmund S.Lorenz (1854-1942)
Ida Scott Taylor