199 - CORDEIRO DIVINO



Sacrifícios imolados
Sobre o sanguinoso altar
Não tiravam os pecados;
Não podiam expiar
Nossas culpas, nossas culpas,
Nem remorsos dissipar.

Temos sangue mui precioso
De um divino Remidor;
Eficaz e tão glorioso
É o grande Expiador;
Purifica, purifica
O mais ímpio pecador.

Triste, choro o meu pecado;
De Jesus me vem perdão;
No Cordeiro confiado,
Não há mais condenação!
O Cordeiro, o Cordeiro
Dá completa remissão.

Todo o peso do castigo,
Punição que mereci,
Lá na cruz, supremo Amigo,
Foi lançada sobre ti!
Vou cantando, vou cantando:
Minha culpa estava ali.